Veneza em boa companhia

«Let me reiterate: Water equals time and provides beauty with its double. Part water, we serve beauty in the same fashion. By rubbing water, this city improves time’s looks, beautifies the future. That’s what the role of this city in the universe is. Because the city is static while we are moving. The tear is proof of that. Because we are headed for the future, while beauty is the eternal present. The tear is an attempt to remain, to stay behind, to merge with the city. But that’s against the rules. The tear is a throwback, a tribute of the future to the past. Or else it is the result of subtracting the greater from the lesser: beauty from man. The same goes for love, because one’s love, too, is greater than oneself.»

Joseph Brodsky (1992). Watermark. New York: Farrar, Straus and Giroux: 134-5.

Veneza em boa companhia

Veneza em boa companhia

Watermark é sobre Veneza que, para mim, nada mais é que a cidade. Aproveitando mais um desafio do Convidei para jantar, que nesta edição se faz em casa da Marmita e onde se convida uma cidade ou um país, participo aqui com esta cidade do meu coração, a cidade onde habita a beleza, onde porventura, se reflecte sobre o amor. Conheci-a há um par de anos, com os seus mil canais, as suas alegres cores, cheiros e sabores. Como descrever esta cidade? Como escrever sobre ela ou explicar as fotografias que guardo dela? Como contar-vos o que se sente quando se chega por comboio à sua estação sem deixar de sentir um aperto em sabe-la longe do país onde habito, sem evitar uma breve vontade insana em fazer já a mala para deixar tudo e ir viver para lá?

Veneza em boa companhia

Veneza em boa companhia

É impossível convidar Veneza para jantar. O mais sensato e lógico é viver em Veneza e convidar-vos a todos para se juntarem e jantarem comigo lá! E por que não me ocorre qualquer prato maravilhoso que possa igualar esta magnífica cidade, que tal um acompanhamento que cura mazelas e saudades e que é a companhia perfeita em qualquer cidade?

Salada de beterraba e queijo feta

1 beterraba cozida

queijo feta q.b.

flor de sal

azeite

vinagre

Numa saladeira coloque os pedaços de beterraba que cozeu previamente. Por cima da beterraba esfarele o queijo feta na quantidade que desejar. Tempere com flor de sal, azeite e vinagre.

Salada de Beterraba e Queijo Feta

Salada de Beterraba e Queijo Feta

Bom apetite e boas leituras!

Joseph Brodsky

Veneza

About these ads

8 pensamentos em “Veneza em boa companhia

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s