Tortilha desmanchada para Meursault

«Chama-se Raimundo Sintès. É baixo, com uns ombros largos e um nariz de pugilista. Anda sempre vestido correctamente. Também ele diz, ao falar do Salamano: “É uma pena!” Perguntou-me se aquilo não me incomodava e eu respondi-lhe que não.

Subimos e eu ia deixá-lo, quando me disse: “Tenho lá em casa vinho e chouriço. Não quer vir petiscá-lo comigo?”

Pensei que isso me evitaria ter de fazer o jantar e aceitei.» 

Camus, Albert. O Estrangeiro. Lisboa: Edição Livros do Brasil. Trad. António Quadros. Obra orig. publ. em 1942 (83)

Por vezes os livros levam-nos ao cinema, outras vezes levam-nos à música. Outras, ainda, é o cinema que nos leva à literatura e/ou a música aos livros. Foi precisamente isto que me aconteceu com Camus. Uma das minhas bandas preferidas quando adolescente (e ainda hoje) era a banda britânica The Cure. E é com a música “Killing An Arab” do álbum “Staring at the Sea” que descubro O Estrangeiro de Albert Camus. A personagem principal – Meursault – vive em Argel e acaba de perder a mãe. É pois para Meursault, que fica esta receita de tortilha com chouriço que imaginei para o seu jantar com Raimundo.

Tortilha desmanchada para Meursault

(para duas pessoas)

5 ovos

1 cebola grande

2 dentes de alho

azeite q.b.

chouriço q.b.

2 batatas grandes

sal q.b.

leite q.b.

pimenta branca q.b.

salsa para polvilhar

Numa frigideira alta com o fundo coberto em azeite coloque as rodelas de batata que cortou em rodelas finas. Assim que as batatas apresentarem uma cor dourada, adicione as rodelas finas de cebola. Espere até a cebola amolecer antes de acrescentar os dentes de alho picados e o chouriço cortado aos pedaços. Não se esqueça de ir mexendo o preparado de forma a evitar que este se agarre à frigideira.

(Nota: Também pode acrescentar outros ingredientes se desejar livrar-se de restos ou se quiser enriquecer a tortilha. Por exemplo pode juntar rodelas de alho-francês, tiras finas de pimento – de qualquer cor -, pedaços miúdos de courgette, tiras de cenoura, etc.)

Bata os ovos à parte e tempere-os com pouco sal (o chouriço já tem bastante) e pimenta branca moída na altura. Acrescente um pouco de leite para suavizar a mistura e deite-a finalmente na frigideira, mexendo sempre até o ovo lhe parecer totalmente cozido, mas sem secar em demasia. Polvilhe com salsa e acompanhe com uma salada mista que contenha alface, tomate e cenoura ralada.

Tortilha desmanchada para Meursault

Bom apetite e boas leituras!

Outras tisanas:

Albert Camus

O estrangeiro

Filme de L. Visconti

Música

2 thoughts on “Tortilha desmanchada para Meursault

  1. Esta tortilha desmanchada tem muito bom aspecto. Mal posso esperar para experimentar. Já não falando da festa que se pode fazer apenas com 2,00€ no máximo. Venho mais receitas a preço low cost pois bem são precisas nos tempos que correm.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s